Como fazer reforma de restaurante sem dores de cabeça

Se você pretende começar uma reforma de restaurante em breve, mas fica nervoso sempre que considera os problemas que uma obra pode trazer: respire fundo e confira nosso novo artigo.

Neste texto, nós selecionamos dicas que ajudam a evitar dores de cabeça e prejuízos na hora de realizar a reforma do seu estabelecimento. Boa leitura!

Quando fazer reforma em um restaurante

Existem diversos motivos que podem demandar a reforma de um restaurante. Problemas estruturais, como infiltrações e rachaduras, e estéticos, como paredes descascando e pisos envelhecidos, estão entre eles. Afinal, além de boa comida e atendimento impecável, é fundamental que seu estabelecimento seja seguro e bem apresentável para atrair e fidelizar clientes. 

Além disso, desejar mudar a identidade do seu restaurante é outra situação que pede uma reforma, já que para dar nova cara ao estabelecimento é preciso fazer algumas alterações. 

Qualquer razão para reformar o seu restaurante é válida. Para evitar problema e prejuízos durante a obra, no entanto, é fundamental um projeto de arquitetura para restaurante e um planejamento que garanta que a reforma será feita no menor período possível, já que estabelecimento fechado é sinônimo de perda nesse segmento.

4 dicas para fazer reforma de restaurante

Para assegurar que a reforma de restaurante aconteça sem grandes imprevistos, além do planejamento é importante seguir algumas dicas:

1. Escolha o melhor período para realizar a reforma

O melhor momento para a realização de uma reforma no seu bar ou restaurante é no período do ano de menor visitação ao estabelecimento. Dessa forma, você não prejudica o seu faturamento.

No entanto, independentemente da época escolhida para as obras, é importante observar alguns prazos:

  • equipamentos de cozinha levam em média 60 dias úteis para serem fabricados
  • móveis levam em média 30 dias úteis para serem entregues
  • revestimentos, em alguns casos, podem levar entre 20 a 30 dias para ficarem prontos.

2. Siga as normas para a construção e a reforma desse tipo de comércio

As regras da vigilância sanitária para a construção e a reforma de restaurantes precisam ser seguidas, pois são elas que garantem a segurança do empreendimento e dão condições de funcionamento ao estabelecimento.

Observar e seguir essas regras é sinal de profissionalismo e comprometimento do seu restaurante com a segurança e a saúde dos seus colaboradores e clientes.

3. Dê atenção à planta e ao alvará de funcionamento do restaurante

O projeto arquitetônico deve ser observado em todos os detalhes e deve ser elaborado por profissionais experientes quando se trata da reforma de restaurante.

Dessa forma, você fica mais seguro e consegue mais facilmente a aprovação da planta do estabelecimento na prefeitura e também o acesso ao alvará de funcionamento.

4. Contrate uma empresa especializada em arquitetura e obras corporativas

Se você deseja que sua reforma de restaurante seja executada com um planejamento adequado, dentro dos prazos, com qualidade e de acordo com todas as normas da vigilância sanitária, invista na contratação de profissionais e empresas especializados em obras corporativas: esse é o caso da Iplan!.

Nossa empresa está no mercado desde 2009 e é especializada em engenharia, arquitetura, execução e gerenciamento de obras. Visite nosso site, conheça nosso portfólio de obras e entre em contato para saber como podemos otimizar a realização da obra de reforma do seu restaurante.

Rolar para cima
× Orçamento